Kobudo

Na AKIRS, o treino de karate-do shotokan é complementado com o Kobudo, o uso das armas antigas de Okinawa. No início do karate de Funakoshi sensei no Japão, junto com as mãos vazias eram treinadas duas armas: Bo (bastão longo, de 1,80m) e o Sai (par de adagas com três pontas). Diversas fotos mostram Funakoshi sensei treinando com tais armas e na Universidade de Keio, em Tóquio, o primeiro clube da arte nas universidades japonesas, esta tradição ainda se mantém.

Funakoshi sensei com armas do Kobudo

A prática no dojo

Desde 2017,  a AKIRS passou a contar com o ensino desta linhagem de kobudo no Shotokan (Keio-ha), através da prática dos conteúdos aprendidos nos cursos promovidos pelo Instituto Shinjigenkan e UFRGS, sendo eles:

André sensei em Curso de Kobudo no Shotokan

Ainda em 2017, para aumentar o conhecimento em Kobudo, André Traichel sensei participou de curso com ênfase no bojutsu promovido pela FSK, com Denis Andretta sensei, da AGKS.

Em 2018, a fim de se aprofundar no uso de armas, André sensei esteve em Okinawa, Japão, para treinar o Kobudo na linhagem Shinken Taira. Para isto foi aluno de Nagamine Tomoichiro sensei, do Uechiryu Ryushikai, com quem mantém contato constante, aprendendo dois kata e suas aplicações:

André sensei em Okinawa

Atualmente os treinos de Kobudo ocorrem durante as aulas regulares de Karate, em tópicos especiais ou em datas específicas para graduados.

Kobudo - Teutônia

Comments are closed