Kobudo

Na AKIRS, o treino de Karate-do Shotokan é complementado com o Kobudo, o uso das armas antigas de Okinawa. No início do karate de Funakoshi sensei no Japão, junto com as mãos vazias eram treinadas duas armas: Bo (bastão longo, de 1,80m) e o Sai (par de adagas com três pontas). Diversas fotos mostram Funakoshi sensei treinando com tais armas.

Kobudo no Shotokan

Funakoshi sensei com armas do Kobudo

Kobudo no Shotokan

Desde 2017, a AKIRS passou a contar com os estudos de Kobudo no Shotokan através da prática dos conteúdos aprendidos nos cursos promovidos na UFRGS.

Nas duas edições do evento, foram treinados os dois kata de Bo praticados ainda hoje na Universidade de Keio: Sushi no Kon e Sakugawa no Kon. Além do Bo, também foi estudado o kata Sai no Kata, uma versão básica para treino com a arma.

Além dos kata, também praticamos em nosso dojo os Kihon Ippon de Bo vs Bo e Bo vs Sai, aprendidos nos mesmos cursos.

Assim, durante as aulas de karate-do regular os alunos têm contato com estas duas armas, como era praticado no início do nosso estilo em Tóquio. Por ser um estudo paralelo ao treino normal, não há graduações específicas para o Kobudo no Shotokan.

Kobudo de Okinawa

Em 2018 passamos também a estudar o Kobudo original de Okinawa, da linha Shinshukan. Para isso fazemos parte da Kenshinkan (RJ), dirigida por Paulo Roberto sensei, 3º dan de kobudo e 7º de karate-do shotokan SKIF.

Além disso, André sensei esteve em Okinawa, Japão (2018), para treinar na linhagem Shinken Taira. Lá foi aluno de Nagamine Tomoichiro sensei, do Uechiryu Ryushikai.

André sensei em Okinawa

Para esta modalidade, atualmente as aulas ocorrem de forma híbrida nas quartas-feiras, das 15:30 às 16:30. Os exames são realizados 1x por ano quando da vinda do sensei da Kenshinkan.

Comments are closed.