Karate para crianças: o uso dos balões.

Balões na aula de Karate-do

Balões na aula de Karate-do

Oss!

Como professor de educação física e pai de 3, sei que criança não pode ser tratada como adulto e isso se reflete muito nas aulas de karate-do. Para mim, como já expliquei aqui, deve-se usar táticas diferentes e objetivos distintos quando lidamos com crianças dos 5 ao 8 anos de idade nos treinos. Por exemplo, na minha turma mirim o meu foco maior é na psicomotricidade que será usada futuramente na luta, aliando para isso brincadeiras e a técnica propriamente dita.

Um dos recursos que mais gosto de utilizar nas aulas para crianças são os balões (bexiga, para quem não é do sul). Você pode utilizar diversas cores, enchê-los você mesmo ou ainda pedir para elas encherem, o que exercitaria a capacidade pulmonar das crianças.

Uma vez com os balões cheios, são diversas as atividades que podem ser feitas:

  • não deixar o balão cair usando apenas socos, com ambas as mãos;
  • não deixar o balão cair usando apenas chutes, com ambos os pés;
  • fazer uma roda, uma criança no centro e esta não pode deixar os balões das outras crianças – que serão jogados dentro da roda – cair no chão;
  • em duplas, uma criança tenta “acertar” a cabeça da outra com o balão e deve-se usar a defesa Age-uke para evitar o toque;
  • em duplas, um segura o balão e o usa como alvo para o chute mae-geri do colega.

Estas são apenas algumas das brincadeiras que podem ser feitas usando um material bem barato mas que para a criançada é algo motivador e que diferencia as aulas.

Ahh, e claro: no final, o balão é um ótimo presente para levarem para casa!

Até a próxima.

P.S. obviamente não estou dizendo para a aula ser SÓ isso, senão vira recreação, mas sim atividades para início e fim do treino em si, esse do jeito tradicional…

Comments are closed